Meu brilho azul

Oii :)

No post passado eu falei sobre o workshop incrível que eu fiz. Lembram?

Pois então, esse workshop é o Polivox da ♥ Sharon Eve Smith ♥. Além de ter sido uma experiência única, tivemos algumas tarefinhas para fazer que foram muito inspiradoras.

Na última delas, a gente tinha que escolher um pedaço de tecido no qual a gente mais se identificasse e fazer uma fotografia baseada na escolha. De todos os retalhos, o que eu escolhi foi um com vários tons de azul, pois me lembrei do meu marido e da sua cor favorita. Quando cheguei em casa, comecei a pensar sobre a fotografia e tudo resultava em alguma coisa que lembrava ele.

Não apenas filmes, viagens, coisas nossas, mas também no quanto ele significa em minha vida. Desde 2002 ele tem sido meu melhor amigo, companheiro, ouvinte incansável, meu maior incentivador, minha luz que me ajuda em meio aos meus momentos de escuridão.

Além disso, hoje relendo nossas cartas antigas, achei um poeminha que fiz pra ele em 2006, quando ainda morávamos em cidades diferentes e sofríamos da doença chamada saudade. Achei que o casamento ficou muito nossa cara e resolvi postar.

Meu brilho azul

Porquê ansiar pelo o que sei que virá?

O que posso fazer é correr ou esperar.

A vida não se incomoda com o que sinto agora.

Ela escorre sem demora.

Quantas coisas me fizeram e ainda fazem chorar.

Mas se não as tivesse, eu não aprenderia a amar.

Saudade leva meu coração pra lá.

Mas tem horas que é tão bom não saber o que é que tem pra cá.

Vivo o agora que muitas vezes quero mudar.

Palavras são apenas vãos momentos?

No dicionário do que sinto, são esconderijos do meu calar.

Pois a verdadeira regra da minha vida é o AMAR.

♥ ♥ ♥


9P1A6175e9P1A6179c9P1A6186c

Leave a comment