Como amar Edimburgo em 6 passeios – Final :)

Oiiii.

Hoje é dia de post feliz. Finalmente, o último de Edimburgo!!!!

Digamos que a parte mais gostosa ficou pro final. E não estou falando de compras não, rsrsrsrs. Separei um mesmo tema em dois passeios. Um bem geral e um mais específico. Mas chega de enrolação e vamos ao que é bom demais: comer!!!!

No post estão algumas fotos de uns achados em Edimburgo que nos marcaram de alguma forma. Seja a história, o sabor ou o nome. Tudo fez parte de um contexto muito bom → conhecer novos restaurantes!

:)

Pra começar, uma pergunta:

– Qual é a primeira coisa que nos vem a cabeça quando falamos de Reino Unido?

→ Pub ←

Acho que o pub é conhecido por ser uma opção barata (perdendo para as comprinhas rápidas de mercado), animada e com comida muito boa. Em uma dessas nossas idas aos pubs de Edimburgo experimentei uma bebida que amei: Mulled Wine, uma espécie de cidra quente. É muuuuuito parecido com vinho quente de festa caipira, só que mais cítrico.

Nesse dia estava acontecendo uma despedida de solteira muito animada e engraçada. Ficamos observando um grupinho de mulheres dançando e contagiando o pub todo com as brincadeiras. Ah! O nome do pub é  The World´s End. Acho que fomos duas ou três vezes lá e gostamos muito. Ele fica em uma esquina estratégica, onde é dividida a parte velha e nova de Edimburgo e em um ponto do dia, onde sempre estávamos com os pés congelados para procurar outro lugar e acabávamos entrando e ficando por lá, rs.

9P1A0927c 9P1A0929c9P1A0936c 9P1A0941cUm lugar SUPER famoso é o pub Greyfriars Bobby. Na verdade, o que é realmente famoso é o Bobby. Esse Skye Terrier, com direito a estátua de fucinho gasto pra dar sorte a quem visita a cidade, faz parte da história local. O Bobby foi um cachorro que viveu em Edimburgo no século XIX e ficou famoso por ter guardado o túmulo do seu dono Johh Gray por 14 anos.

Sim, por 14 anos o Bobby dormiu em cima do túmulo de seu dono, até morrer em 1872. 

9P1A0981c 9P1A0980c
Andando pela George IV Bridge, a gente encontrou um outro lugar MUITO legal. Lembram que eu disse no post anterior (aqui) que Edimburgo me lembrava demais o universo Harry Potter?

Pois pra quem ainda não sabe, o primeiro livro da série (Harry Potter e a Pedra Filosofal) foi escrito lá, mais precisamente no Elephant House. Passamos em frente pra fotografar, mas não entramos. De fora dava pra ver que era um café bem simples, com muita referência a J.K Rowling e ao “nascimento” do Harry Potter.

9P1A0983c
9P1A0984c 9P1A0985c 9P1A0988cEsse próximo lugar é daqueles que dão um aperto no coração só de pensar no quanto é bom: Clarinda´s tea room.

Aiaiai, esse sem dúvida foi o MELHOR CAFÉ DA MANHÃ de Edimburgo. Andando pela Royal Mile, passamos em frente a uma casa com as janelas de vidro bem grandes. De fora dava pra ver que era uma casa de chá bem antiga, rústica e linda. Aiiii que delícia de lugar, parece que você está dentro de uma casa mesmo, me lembrou muito casa de vó, com louça branca de porcelana, bolo de gengibre e cobertura de açúcar, torta de maça quente, chocolate com marshmallow e bule de chá inglês.

9P1A1158c
9P1A1164c 9P1A1168c 9P1A1170cO Southern Cross Restaurant foi um outro lugar muito legal que conhecemos. Sempre que passávamos em frente eu me lembrava de Paris (♥). A vitrine cheia de croissant, as cadeiras de madeira do lado de fora do café, as opções de petit déjeuner, não tinha como não associar. Aproveitei e levei meu “gnomo viajante” pra passear.

Eu amo o filme da Amélie Poulain e a história do gnomo viajante de seu pai. Comprei esse pra fotografar na viagem, mas tinha uma preguiça do tamanho do mundo de colocá-lo dentro da bolsa, tirar e clicar. Acho que só consegui lembrar de todo o processo por duas vezes, rs.

9P1A1461c
9P1A1465c 9P1A1471c 9P1A1472c 9P1A1474c

Agora sim, no começo do post eu disse que  o tinha dividido em  duas partes, procede?

:)

Tudo porque eu  acho que falar sobre o restaurante do Jamie Oliver merece um destaque, rsrs.

Em casa, assistir seriados gastronômicos como TOP chef, Gordon Ramsay, Receitas do Chuck, Eat Street e o próprio Jamie Oliver é tão comum quanto abastecer a geladeira, rs. O Daniel AMA esses programas!!!

Durante as nossas conversas sobre o roteiro da viagem, descobrimos que em Edimburgo tinha um Jamie’s Italian. As recomendações eram excelentes e não precisou de muito pra decidirmos que iríamos conhecer. Deixamos pra ir em um domingo bem típico, onde todo brasileiro que se prese vai atrás de comer uma boa massa, rs.

O engraçado é que ficamos bem ansiosos pra ir, pois achávamos que encontrar um J.O na Escócia ou em Londres seria difícil, rs. Mas não precisou de muitos dias pra perceber que o difícil é não trombar com alguma coisa dele, hehehehe.

Posso dizer que o restaurante não deixa a desejar em nada. Pra começar pela fachada do prédio que é linda. Quando entramos, nos deparamos com um salão ENORME e CHEIO. Uma mescla de rústico, moderno e chique bem característico do Jamie Oliver.

9P1A1387c 9P1A1392c 9P1A1389c 9P1A1373c

9P1A1374c


9P1A1318c 9P1A1317c9P1A1320c 9P1A1319c
9P1A1312c 9P1A1328c 9P1A1345c 9P1A1341c 9P1A1348c 9P1A1350c 9P1A1334c 9P1A1352c 9P1A1354c 9P1A1355c 9P1A1362c 9P1A1363c9P1A1366c 9P1A1370c
♥ ♥ ♥ ♥ Acho que não poderia existir melhor forma de terminar essa série de posts que foram deliciosos de montar. ♥ ♥ ♥ ♥

Espero que tenham gostado das dicas e que tenham sentido um pouquinho do quanto Edimburgo é linda.

Bjs

:)

Tutu

Leave a comment