A gente muda?!

Há um certo tempo tenho percebido que aparentemente, na sala de parto, eu perdi a habilidade de me fotografar :O

Sério! De repente, eu perdi a mão, a vontade, o jeito e seja qual classificação mais possa existir. Cheguei até a comentar sobre o assunto no meu instagram, quando achei uma foto no aplicativo VSCO do meu celular.

Lá estava eu, há uns dois ou três anos atrás.

Não me reconheci.

Não apenas pelas inúmeras mudanças capilares que esse pequeno ser ja se aventurou em experimentar. Estou falando de algo mais profundo. Confesso que como boa questionadora que sou, fiquei aqui num papo complexo comigo mesma. Será que tudo faz parte de uma fase, ou realmente eu sou outra pessoa????

A gente muda tanto.

Nada é igual nem por um dia se quer.

Imagino que mesmo eu não percebendo nos detalhes, eu mudei. Mudei mesmo.

E diferente das outras vezes, eu não mudei porque sofri demasiadamente. Não mudei porque a vida me calejou, ou alguém me machucou.

Hoje eu me sinto do mesmo jeito que um super sayajin  quando passa de nível…HAHAHAHAHAHA. É meio que uma evolução do meu QI.

E nada mais maravilhoso do que a fotografia para registrar essa evolução interna que se exterioriza e faz prosa com toda a nossa história de vida.

Pensando nisso, juntei algumas fotos.

Ao melhor estilo SELFIE com a câmera DSLR.

Um saladão recheado de coisas boas pro post.

Selecionei algumas das que mais gosto.

Todas com tanta história e com tantas versões de mim mesma. Tem um pouco do meu olhar curioso, da única opção de se registrar, de se encontrar num lugar, numa viagem, na cama do meu quarto de uma das inúmeras casas que já morei. Tem as versões de todas as estações, de ser apenas EU e de ser 2 em 1.

Sou eu.

Meu olhar.

Meu mundinho privado, agora já não tão secreto.

E você? Como você se enxerga?

bjs

Tutu

Leave a comment